Já fez download da nossa app? Clique aqui!
Change Language


Lamas de Mouro é mancionda segundo o Padre Aníbal Rodrigues como: lamas - pastagens de gado cheias de água - e do rio Mouro, que nasce no seu território.
Foi terra com povoamento muito remoto, possuindo alguns vestígios da cultura dolménica e castreja (de origem céltica).

A antiga freguesia de S. João Baptista de lamas de mouro era abadia da apresentação do ordinário, no antigo termo ou julgado de Valadares. Em 1839 aparece inscrita na comarca de Monção. No ano de 1878 consta já na sede de Melgaço.

A igreja paroquial é de um antigo mosteiro de templários que aqui houve após a supressão desta ordem, em 1344, o cenóbio revertou à coroa, que deu à ordem de Malta, em 1349.

Nesta freguesia teve lugar, no ano 812, no sítio chamado Vale do Mouro, junto ao rio Ornese, uma grande batalha em que pelejou o bravo Bernardo del Carpio (parente e vassalo de d. Afonso Henriques) contra Ali-Aton, rei de Córdova, que caiu derrotado. Escreveram alguns, por certo crendeiros, que os mouros perderam então 70 000 homens!…
Ali-Aton tinha tomado muitas terras aos lusitanos, que, em consequências desta derrota, tornou a largar.

Mais conta a tradição que por Lamas de Mouro entrou em Portugal Afonso VII de Castela, em 1129, para ser derrotado na veiga da matança, junto aos Arcos de Valdevez, por seu primo, D. Afonso Henriques.
Por aqui entrou também, em 1657, o general castelhano D. Vicente Gonzaga, para ir atacar Valença.

O belo rio Mouro (afluente do rio Minho) nasce em Lamas de Mouro. É o resultado da junção das três nascentes, todas nesta freguesia: uma em Cabeça do Pito, outra na Portela, do Lagarto e a última na Trincheira. Pelas suas potencialidades turístico- paisagísticas e pelo papel desempenhado no auxílio à sobrevivência das populações, é de uma importância fundamental para os concelhos de Melgaço e Monção.

Ligando as margens do rio, sobrevive, apesar da ruína, a ponte romana de Porto Ribeiro. 

Uma parte considerável desta freguesia faz parte do Parque Nacional da Peneda Gerês.



Alojamentos em ?

Já fez download da nossa app?

Conheça a região do Alto Minho e do Parque Nacional Peneda-Gerês. Desde locais históricos, como cascatas, lagoas, moinhos...

Google Play App Store
App