Já fez download da nossa app? Clique aqui!
Change Language


A criação do jornal "A Neve" e do "Primavera Sport Club" em Castro Laboreiro há 100 anos atrás

A Família Carabel, de Castro Laboreiro, era mão para toda a obra. Fundaram há cerca de 100 anos uma fábrica de chocolate em terras castrejas. O fabrico de chocolates constituía uma das suas fontes de rendimento, mas, tinham ainda uma loja aberta, em Castro Laboreiro onde vendiam tamancos, miudezas e fazendas, e também tratavam de caixões e funerais. Mais tarde, em 1920, começaram a publicar um jornal, chamado “A Neve” e tiveram papel importante na criação da coletividade castreja “Primavera Sport Club”. No dito jornal, eram anunciados os seus esmerados chocolates. A publicidade era também deliciosa nos dizeres: “Quereis um bom casamento? – Tomai o chocolate da afamada fábrica “Caravelos” de Castro Laboreiro, que atrai a simpatia”.
O jornal e o “Primavera Sport Club” surgem já quando a fábrica estava sob a gerência dos irmãos Abílio e Germano Carabel. Ambos eram redatores do jornal, e tinham jeito para a escrita. Sobretudo, o Abílio Alves Carabel. O diretor era um tal Abílio Domingos, professor primário em Castro Laboreiro, que depois se radicou em Braga, onde morreu. Seriam os três que financiavam o jornal, mas que deixou de se publicar, quando Germano Carabel foi dirigir a filial em Melgaço da Fábrica de Chocolates “Carabel, Sucessores”, antes de ter viajado para o Brasil, com a mulher e filhos, onde permaneceu alguns anos para gerir os bens da esposa.
A criação do jornal “A Neve” teve como uma das principais finalidades chamar à atenção da Câmara Municipal de Melgaço e outras instituições para a necessidade de dar atenção a Castro Laboreiro, nomeadamente à imperativa construção de uma estrada que ligasse terras castrejas ao resto do país com vista a facilitar a circulação de pessoas e bens.
A criação do “Primavera Sport Club” visava fomentar um espaço de convívio entre os castrejos bem como discussão pela defesa dos interesse da terra.
Estes pormenores são-nos contados, na primeira pessoa, num artigo publicado no jornal “A Neve”, na sua edição de 18 de Novembro de 1920: “Foi durante a viagem de Melgaço para Castro Laboreiro que nasceu a ideia da fundação do “Primavera Sport Club” e da criação do jornal “A Neve”.
Éramos dois os viajantes ou por outra os caminhantes, pois a pé é que nós tivemos de transpor essas montanhas que separavam Melgaço de Castro Laboreiro. Saímos dos “Pereiras”, sito na Calçada, pelas 13 horas, em direção à nossa querida Montanha.
Até ao cimo da Costa da Rolha, a nossa conversação recaiu sobre assuntos vários, falando não raras vezes em Amor. A conversa foi recaindo sobre Castro Laboreiro, nossa terra e digo nossa terra porque me orgulho de ter nascido nesta terra onde à honradez ainda se presta subido culto. Já acima de Fiães, diz-me o companheiro: “Como me sentiria feliz se Castro Laboreiro possuísse um jornal para defender os seus interesses e um club e aonde todos os conterrâneos se reunissem divertindo-se e instruindo-se ao mesmo tempo, incutindo uns nos outros o sagrado dever de pugnar pelos interesses comuns que são os interesses desta terra que se despe de todos os objectos para nosso interesse, tratando-nos como mãe. Estava lançada a ideia. Como eu também ansiava pela prosperidade da terra que carinhosamente susteve os meus primeiros passos!
Para a realização dos nossos projectos, faltava-nos apenas realizar um programa e o apoio dos conterrâneos. A nossa vontade de ferro tudo conseguiu com muito diminuto espaço. Mas ainda não é tudo! A obra está em princípio.
Triunfou dos primeiros obstáculos e agora já não ameaça a morte: contudo é preciso fortificá-la e fortificá-la-emos, pois agora pois agora é esse o desejo geral de todos os castrejos sequiosos do Progresso.
Sinto-me feliz e como eu se sentem todos oso que participaram deste trabalho coroado de êxito.
Não adormeçamos, fortifiquemo-nos para nos fazer respeitar.”

Fonte: Melgaço entre o Minho e a Serra


Alojamentos em

Já fez download da nossa app?

Conheça a região do Alto Minho e do Parque Nacional Peneda-Gerês. Desde locais históricos, como cascatas, lagoas, moinhos...

Google Play App Store
App